Jesus entre a ressurreição e a ascensão (Série ATOS 1)

At 1.1-5         13/11/2022         53 minutos

Pregação por Pr. Mauro Clark

headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close Jesus entre a ressurreição e a ascensão (Série ATOS 1)
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior

Atos: Relato das atividades iniciais da Igreja Cristã, cobrindo de 33 a 63 dC.

Em vez de Atos do Apóstolos, melhor seria Atos do Espírito Santo (55 vezes no livro)

Autor: Lucas, médico, companheiro de Paulo desde a 2a. viagem missionária (aderiu em Troas, At 16.10, ao usar a primeiro pessoa do plural (“procuramos partir”).

 

v.1: Teófilo : desconhecido, talvez alguém importante de Roma.

Primeiro livro: Evangelho de Lucas. Segundo: Atos.

 

Lc 1.3-4: ... a mim pareceu-me bem: prova de que a Bíblia é também um livro humano (além de divino).

 

v.2-3: O Evangelho de Lucas abrange a vida de Jesus até a ascensão. Atos continua.

 

Sequência resumida dos acontecimentos com Jesus:

1. padecido: morreu com SOFRIMENTO.

Jesus sofreu para que você, eu, pudéssemos ser salvos.

 

2 ... se apresentou vivo: ressurreição implícita (não um fantasma)

provas incontestáveis:

* testemunho de quinhentos (1Co 15.4-8)

* Tomé

* comendo com eles (v.4) (não por necessidade)

 

3. elevado às alturas: ascensão

 

É impressionante a naturalidade com que Lucas narra acontecimentos absolutamente incomuns, inacreditáveis para pessoas normais.

Mas com Jesus Cristo é assim: ou se acredita na história dEle, tal com é, ou O rejeita.

 

Nesses versículo há informações valiosas sobre o PROPÓSITO das atividades de Jesus

nos 40 dias após a ressurreição. Vejamos três:

 

I. Deu mandamentos por intermédio do Espírito Santo aos apóstolos, que escolhera

- Autoridade total sobre os apóstolos

- Primeira referência ao Espírito Santo, no livro: já O vemos agindo desde o começo

- o Espírito Santo, apesar de ainda não estar habitando nos apóstolos, atuou neles para compreenderem e aceitarem as ordens de Jesus e iria capacitá-los a CUMPRIREM o que foi mandado.

 

Importante: ressaltada aqui a soberania de Cristo: ... apóstolos QUE ESCOLHERA

Ele sempre escolheu os Seus servos. E assim é conosco.

Não somos voluntários, mas CONVOCADOS.

Não temos OPÇÃO de servi-Lo, mas OBRIGAÇÃO.

 

II. Falou das cousas... reino de Deus: transmissão de ensinos, doutrinas.

Muitos desses ensinos estão contidos na Bíblia e precisam ser transmitidos às igrejas. Ensinar faz parte da obrigação do pastores, professores, evangelistas, e cada crente!

v.4-5

III. comendo com eles, determinou-lhes: Comunhão e autoridade ao mesmo tempo.

Todo crente sente isso: Jesus é um grande e íntimo amigo, mas ao mesmo tempo é o Senhor, chefe absoluto.

Essas duas características dão equilíbrio ao nosso relacionamento com Ele: nem tão

amigo a ponto de ser um igual, e nem tão duro como Chefe, a ponto de ser tirano.

 

Mas o que Ele determinou? Que não se ausentassem de Jerusalém.

Motivo: esperar a promessa do Pai, conforme Ele já lhes dissera

 

Mas quando Ele lhes falara dessa promessa e de que consistia?

Em três ocasiões diferentes :

1. Comendo com eles, disse que eles seriam batizados no Espírito Santo: v. 4-5 (lembrando a profecia de João Batista, Lc 3.16)

2. Antes de subir aos céus, disse que eles seriam revestidos de poder: Lc 24.49

3. Na noite em que foi traído, disse várias vezes que lhes enviaria o Espírito Santo:

Jo 14.16-17, 25-26; 15.26-27; 16.7-8, 12-13

 

Um princípio básico sobre a Bíblia é que ela explica a si própria.

Ótimo exemplo aqui: o batismo no Espírito Santo explicado pela própria Bíblia: significa

receber o Espírito Santo e ser revestido de poder por Ele.

O batismo no Espírito Santo nada tem a ver com falar em línguas (que, em alguns casos, ocorreram simultaneamente).

 

Importante: o Pai não está pessoalmente conosco; o Filho não está pessoalmente conosco. Mas o Espírito Santo está pessoalmente conosco!

Uma igreja onde o Espírito Santo não opera à vontade é uma igreja fracassada.

E vice-versa: bem-aventurada a igreja onde o Espírito Santo está em pleno trabalho.

 

Que esta igreja tenha a felicidade de valorizar o Espírito Santo que habita em nós e dê a Ele toda a liberdade para agir.

Afinal, Ele  é Deus e o representante oficial do Pai e do Senhor Jesus Cristo .

Que Deus nos abençoe. Amém

Igreja Batista Luz do Mundo © 2008-2022
R. A, nº 53, Bairro de Lourdes (Dunas), Fortaleza - CE
E-mail: contato@luzdomundo.org.br
Telefone: (85) 98740-4743
close
Igreja Batista Luz do Mundo © 2008-2022 - www.luzdomundo.org
R. A, nº 53 - De Lourdes, Fortaleza - CE