Números: introdução 2a. parte (Série NÚMEROS 2)

         26/12/2021         31 minutos

Pregação por Pr. Mauro Clark

headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close Números: introdução 2a. parte (Série NÚMEROS 2)
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior
 

Semana passada, vimos até o Cp 3: com o resgate dos primogênitos, trocados pelos levitas (22.273 – 22.000 = 273)

 

Continuando:

Cap. 4: contagem dos levitas (Coate, Gerson e Merari) entre 30 e 50 anos e descrição detalhadas das atribuições.

 

Os levitas foram reservados à parte para tomarem conta de tudo o que se relacionava com o tabernáculo (montagem, desmontagem, deslocamento, serviço).

Seria uma tribo diferenciada das outras, de várias formas:

* Não receberia terra; morariam em cidades dentro das áreas das outras tribos (48
  cidades - Nm 35.1-8
* Estariam espalhados por todo o Israel (talvez para ajudarem no estudo da lei e na
  adoração a Deus)

* Para compensar que não tinham terra, e ajudar no sustento, os dízimos das outras
  tribos seria destinado a eles - Nm 18.21

* A contagem deles, para efeito de serviço, não seria de 20 anos para cima capazes de
   ir à guerra, mas entre 30 e 50 anos - Nm 4.46-48. Total: 8.580

E por que Deus escolheu uma tribo para ser diferente das outras?

Nm 3.12-13: era como se fosse propriedade privada de Deus, em substituição aos primôgenitos.

E por que logo a tribo de Levil? Não sabemos com certeza. Talvez Ex 32.25-29 explique.

 

Do cap. 5.1 até 8.4: diversas leis e instruções.

Do cap. 8.5 até o final: consagração dos levitas.

Cap. 9 até v. 14: celebração da Páscoa

Aqui há uma breve volta no tempo (às vezes a Bíblia não observa a cronologia com rigor).

No dia 14 do 1o. mês do 2o ano (ou seja, 16 dias antes do censo e 1 mês e 6 dias antes de reiniciarem a jornada), Deus mandou que se comemorasse a Páscoa.

 

Comemoram então a Páscoa.

Um mês e 1 semana depois, partem.

Fazia então aproximadamente 1 ano e 2 meses que haviam partido do Egito.

 

Do cap 9.15- 23: um resumo interessante do que iria acontecer, com relação ao tebernáculo: uma nuvem iria sempre estar sobre ele.

As jornadas do povo seriam reguladas por essa nuvem.

Esse será o assunto da próxima pregação.

Que Deus nos abençoe. Amém

Igreja Batista Luz do Mundo © 2008-2022
R. A, nº 53, Bairro de Lourdes (Dunas), Fortaleza - CE
E-mail: contato@luzdomundo.org.br
Telefone: (85) 98740-4743
close
Igreja Batista Luz do Mundo © 2008-2022 - www.luzdomundo.org
R. A, nº 53 - De Lourdes, Fortaleza - CE